Ads 468x60px

Featured Posts

23 de dezembro de 2010

Tagged under:

O cristão sempre será prisioneiro de sua palavra

"... Sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato..." - ( I Timóteo 4:12).
Aqui, ser exemplo na palavra, não está falando de ser exemplo no conhecimento da Palavra de Deus, como costumam ensinar. Aqui, ser exemplo na palavra significa zelar pelo cumprimento da palavra pessoal dada ao povo, ou a alguém.
Numa outra versão, diz –
"...sê o exemplo dos fiéis na conversação, no modo de tratar com o próximo".
Usar sempre de sinceridade na nossa maneira de tratar, ou seja, "no trato" e zelar sempre pelo cumprimento de nossa palavra, continua sendo uma das maneiras de adquirirmos a confiança do povo e de sermos reconhecidos como homem de Deus.
Se começarmos a cair em contradições, se formos além do "sim, sim; não, não", desonramo-nos a nós mesmos e perdemos o respeito de nosso semelhante - "Assim falai, e assim procedei..." - (Tiago 2:12), ou seja, viver de acordo com aquilo que fala, é uma boa regra a ser observada por quem quer ser considerado súdito do Reino de Deus.
Para que sejamos respeitados como cidadão do céu, Paulo recomenda –
"Pelo que deixai a mentira, e falai a verdade cada um com seu próximo..." - ( Efésios 4:25).
Esta é também a recomendação dada pelo Senhor dos Exércitos –
"Eis as coisas que deveis fazer: falai a verdade cada um com o seu companheiro..." - ( Zacarias 8:16).
O homem de Deus sempre será prisioneiro de suas palavras –
"...sê o exemplo dos fiéis, na palavra..." – ( I Timóteo 4:12)
É bom fazer negócios com crentes que pregam e que ensinam a Palavra de Deus, não é?

0 comentários:

Postar um comentário

O que você achou deste artigo?
Me reservo o direito de não publicar comentários de anônimos e/ou contendo xingamentos ou spam.