Ads 468x60px

Featured Posts

9 de dezembro de 2010

Tagged under:

Quando o dizer "não" é necessário

"...seja, porém, o vosso falar: sim, sim; não, não..."
Quase sempre dizer "sim" é mais fácil. Também receber um "sim"quase sempre é melhor. Jesus, porém, falou da necessidade de dizer "não", ou seja, da necessidade de contrariar interesses, se necessário.
Muitas vezes um "não" pode representar uma verdade feia; um "sim"pode representar uma mentira bonita.
Diz-se "sim" sem a intenção de cumprir. Assim, será sempre preferível uma verdade feia, dita com um "não" sincero, em lugar de uma mentira bonita dita com um "sim", mentiroso.
Além do Sacerdote Eli que não soube dizer não aos seus filhos, os quais, em consequência se perderam, também o grande rei Davi nunca soube dizer não ao seu filho Adonias - "E nunca seu pai o tinha contrariado.."- ( I Reis 1:6).
Em consequência desta atitude errada, Davi estava no leito de morte e Adonias já conspirava para tomar o reino, conforme lemos em I Reis, 1.
Embora muitas vezes seja difícil, somos testemunha pessoal desta dificuldade, acabamos pagando caro por não sabermos dizer "não".
A palavra do cristão precisa conter também o "não, não". Um "não"dito com amor a um filho pode até ser melhor que um "sim".
O relacionamento entre duas pessoas torna-se difícil quando não há mútua confiança nas palavras ditas pelas partes.

0 comentários:

Postar um comentário

O que você achou deste artigo?
Me reservo o direito de não publicar comentários de anônimos e/ou contendo xingamentos ou spam.